Pesquisar este blog

Seguidores

sábado, 12 de junho de 2010

Origens do Messianismo Judaico

Um conceito do Judaísmo, o Messias (hebreu משיח Māšîªħ, Mashíach, Mashíyach ou hammasiah, "O consagrado"; a forma Asquenazi é Moshiach; a forma aramaica é mesiha) refere-se, principalmente, à profecia da vinda de um humano descendente do Rei David, que iria reconstruir a nação de Israel e restaurar o reino de David, trazendo desta forma a paz ao mundo.

Ainda que a tradição religiosa judaico-cristã diga que o Messias já era uma profecia predita desde os tempos dos Patriarcas, este ensino veio a tomar forma após a destruição de Jerusalém. O retorno do Cativeiro aliado à eventos históricos (como a história dos Macabeus) serviu para desenvolver no povo judeu uma esperança na reconstrução da Nação Judaica e do governo de um rei selecionado por D-us que submeteria todos os povos à legislação da Torá.

Esta esperança messiânica veio a agravar-se com o Domínio Romano sobre a Judéia que no primeiro século. As diversas ramificações judaicas pacíficas ou revolucionárias (como os zelotes) pretendiam obter sua independência do domínio romano e inspirados pelo ideal da independência acabaram por desenvolver ainda mais a crença no Messias libertador

Nenhum comentário: